HSSuffer: Hidradenitis Suppurativa, Ictiose, Auto-Hemoterapia, Disordens Cutâneas, Doenças Raras e Auto-Imunes

Hidosadenite Supurativa, Ictiose, Doenças Raras, Auto-Hemoterapia e tratamentos na Medicina Alternativa abordando aspectos Psicológicos e sequelas que envolvem seus portadores

DOCUMENTÁRIO MOSTRA SITAÇÃO DA AHT NO BRASIL

“Situação da Auto-hemoterapia no Brasil” é o título do vídeo documentário com 14’50” que acaba de ser publicado no YouTube. O documentário retrata a atual situação da técnica que combate e cura doenças com a retirada de sangue da veia e aplicação imediata no músculo. Esta terapia vem salvando vidas há mais de cem anos. Mostra os órgãos de saúde no país "ainda" insistindo em desabonar a auto-hemoterapia e que a realidade é bem diferente, pois conceituados profissionais e milhares de testemunhos comprovam a inocuidade e eficácia da terapia.

A apresentação está em vídeo em alta definição, com 200MB, no link

http://www.youtube.com/watch?v=dQ4Bj-5ARL0

e para as conexões mais lentas um vídeo em resolução 320×240: 50MB no link

http://www.youtube.com/watch?v=wcftg6iYQ78 .

As páginas contêm o Google Tradutor on-line e a transcrição do áudio pode ser vista na íntegra em http://autohemoterapia.orgfree.com/documentarioAHT.htm

e http://www.geocities.ws/autohemoterapiabr/documentarioAHT.htm .

As informações são do organizador do documentário, Marcelo Fetha.

2 Comentários»

  sandro wrote @

Bom dia!
Nao sofro da hidradenite supurativa mas tenho alguem que gosto muito que tem o problema.No inicio nao sabia bem doque se tratava e somente apos ler uma materia sobre Karl Marx e que entendi a gravidade da coisa,nem tanto no aspecto clinico mas sobretudo no psicologico.Ela e uma pessoa que eu estimo muito mas no passado associava a falta de auto-estima a qual sofria,a simples falta de tato para com a vida.Hoje separarados(ela foi minha namorada e quem sabe o amor de minha vida),procuro ler e entender oque se passa com ela,ate aonde tudo oque ela sente e cronico e como,se por obra de Deus,viermos a nos encontrar outra vez,posso estar preparado a ser o amigo que ela precisa para dar esse passo inicial no sentido de amar-se!
Ela e uma pessoa linda mas inconstante e sei que mesmo que ela tente passar por cima do problema ela se questiona e as vezes se maltrata,sem ao menos buscar ajuda.O quadro psicologico dela esta abalado,embora muito jovem,percebo nela um certo desapego ao seu corpo e uma distorcao do verdadeiro significado de gostar-se!
Gostaria de saber mais e de estar apto a acompanha-la,caso um dia nossos destinos se cruzem.Ela pensa que nunca sera amada mas tao perdida que esta nao ve que eu que tanto a amo,no silencio de meu quarto,busco entender oque se passa com ela e porque de tanta revolta.

  Roberta Achy wrote @

Oi Sandro
Tenho que concordar contigo em uma série de questões que você expôs, como por exemplo, a inconstância de humor. É verdade! Quando estamos sem dor, fica fácil sorrir! Mas quando estamos sendo maltratados por ela segundo por segundo, tornando sua vida inútil e lhe deixando com a sensação quando não o próprio estado físico inválido para inúmeras atividades, então meu irmão, fica muito difícil se adaptar às novas regras impostas pela vida. Lembrando que regras essas que você não teve chance de escolher…
A HS é um problema de pele e se você leu sobre Mark deve ter visto essa sentença:
A pele é o órgão de comunicação, razão pela qual sua desordem produz tantos problemas psicológicos, como a mudança da própria imagem, do comportamento e forma de vida, assim como o autodesprezo e o nojo de si mesmo.
Gostar-se em certos momentos só é percebido pelo fato de ESTAR VIVO. Isso é suficiente. E a inconstância muito provavelmente é um comportamento gerado pela própria ansiedade do desconhecido, inconstância a qual esse tipo de portador tem que forçosamente se adaptar a lidar antes de pensar em suicídio como em quase 70% dos casos.
É até meio incômodo tocar nesse aspecto em particular Sandro, mas uma das áreas mais atingidas são as axilas e a virilha. Sendo mais direta, destrói a vida sexual do indivíduo quase que por completo. Você é capaz de dimensionar os aspectos psicológicos envolvidos nesta questão? Somente este… Tente? Os demais serão conseqüências…
Somos uma comunidade que sofre envergonhada e muitos ainda calados pelo próprio constrangimento ou medo. Posso falar por mim porque sou portadora desta enfermidade já diagnosticada há alguns anos. Mas muito mais do que ter um nome para chamá-la foi conhecê-la e lutar contra ela e isso só tempo ensina, se você não desistir…
Os portadores normalmente buscam mais apego em seu lado mais espiritual. Se não por crença absoluta, como consolo e justificativa às situações que estão atravessando. Nenhum homem é tão forte que não se renda a DOR. Há momentos em que só chamamos por Deus. Há dores no corpo e dores na alma… Alguns de nós já atravessou torturas físicas e psicológicas assombrosas e tivemos que aprender a superá-las. Não se apaga um passado de provações com borracha meu amigo. Ficaram cicatrizes que te lembrarão para sempre. O segredo é saber amar e tratar com cuidado dessas cicatrizes porque elas contam uma história de sucesso. Porque depois de vivido, se você sobreviveu, reconheça-se um vencedor!
Essa é uma doença séria e diabólica. Tem tirado vidas, destruído relacionamentos e alienado muitas pessoas tirando-as de uma vida saudável e produtiva. Muitos têm perdido suas casas, seus trabalhos e sua sanidade mental por causa dessa coisa. Falando por mim, como portadora, mesmo tendo mantido ações positivas tenho medo de que um dia não consiga suportar mais um dia, mas tenho lutado tanto por isso que fico extremamente irritada se alguém ousar me dizer qualquer coisa diferente. Hoje principalmente porque creio ter encontrada uma excelente fórmula para controlar a HS. Meu diagnóstico não está encapsulado, mas sim numa nova forma de vida e disciplina, disciplina e mais disciplina… rsrsrs Tem funcionado!
Sou um ser humano espiritualista debaixo das minhas roupas, em minha alma. Importo-me, sinto dores, dou risadas e também choro. Espero que meu relato possa ser de alguma ajuda para entendê-la melhor.
Espero que você tenha um dia sem dores e repleto de risadas e sorrisos!
Sinceramente, Roberta Achy.


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: