HSSuffer: Hidradenitis Suppurativa, Ictiose, Auto-Hemoterapia, Disordens Cutâneas, Doenças Raras e Auto-Imunes

Hidosadenite Supurativa, Ictiose, Doenças Raras, Auto-Hemoterapia e tratamentos na Medicina Alternativa abordando aspectos Psicológicos e sequelas que envolvem seus portadores

Medicina e Fogueira

medicina-fogueira
— Walter Medeiros

“Não houve racionalidade ao lidar com a auto-hemoterapia. Houve, sim, uma deterioração da ciência em prol de uma agenda obscura de intolerância com o novo.” Esta frase tão forte chegou ao público através do blog “Saúde para todos” (http://www.dralessandroloiola.blogspot.com/) do médico mineiro Alessandro Loiola, que escreveu um artigo muito lúcido, honesto e ético sobre o assunto, com o título de “A DESCONSTRUÇÃO DA CIÊNCIA”. Ele conta experiência que teve ao perceber a auto-hemoterapia sendo abordada no hospital como algo “um segredo terrível ou uma infidelidade digna da Santa Inquisição”.

Dr. Alessandro afirma que a auto-hemoterapia não é assunto morto e enterrado e refere-se ao posicionamento adotado pelas sociedades de especialistas como “absolutamente precipitado” ao banir a técnica da prática médica e trata-la como charlatanice. Lembra que o médico carioca Dr. Luiz Moura terminou tendo seu registro ameaçado no Rio de Janeiro em 2007 por fazer sua propaganda, mas que isso não fez a auto-hemoterapia desaparecer.

Mesmo achando que faltariam evidências sólidas sobre a eficácia da técnica, Dr. Alessandro Loiola afirma que “pensando cá com meus botões, então não seria o caso de ir atrás destas evidências, sejam elas boas ou desfavoráveis?”. Segundo ele, “Bastaria seguir os mesmos protocolos de pesquisas clínicas utilizados há décadas para avaliar novos antiinflamatórios, novos antibióticos, novas próteses, novas tecnologias – desde a cirurgia videolaparoscópica até os recentes avanços nas pesquisas com células-tronco.”.

Em seguida ele assevera que ‘Não houve racionalidade ao lidar com a auto-hemoterapia. Houve, sim, uma deterioração da ciência em prol de uma agenda obscura de intolerância com o novo.” E acrescenta: “Curiosamente, uma agenda brandida com ares de indignação pelos mesmos bispos que deveriam defender o pensamento científico livre, leve e solto.”, indagando ainda: “Como seremos capazes de enxergar o novo se continuamos saindo de casa doutrinados para ver somente as mesmas coisas de sempre?”

O médico mineiro apresenta vários casos de avaliações errôneas daqueles que eram considerados autoridades nos assuntos, que foram desmentidos na prática, entre elas a de que apesar de ser um profundo conhecedor da engenharia e da eletricidade, em 1895 Lord Kelvin profetizou: “máquinas voadoras mais pesadas que o ar não são possíveis”. E vai mais além, ao dizer que “A ciência biomédica está repleta de equívocos semelhantes, opiniões jogadas ao ar antes de serem submetidas ao escrutínio do método científico. Frases de efeito que mais parecem frases de defeito.” E entre outros exemplos cita que “A teoria dos germes de Louis Pasteur é uma ficção ridícula”, escreveu Pierre Pachet, Professor de Fisiologia em Toulouse, 1872.

O mesmo artigo questiona se “estamos construindo faculdades de medicina ou igrejas, templos e seitas que pregam não o amor à ciência e à curiosidade altruísta, mas uma louvação cega a dogmas empoeirados.” Tudo isso enquanto cidadãos continuam curando seus males com a auto-hemoterapia, mas muitos enfrentam o risco de morrerem à míngua, pois a medicina não apresenta solução para suas doenças e as autoridades proíbem injustamente a prática da auto-hemoterapia.


Para ler mais sobre o Dr. Alessandro Loiola:
http://dralessandroloiola

3 Comentários»

  Fetha wrote @

Comentario no Grupo Auto-hemoterapia meu sangue me cura:

Wanda Silveira Pires: EM 1955, EU TINHA 10 ANOS E MUITOS TERÇÓIS, MUITOS MESMO. TINHA UMÉDICO JAPONÊS RECEM FORMADO AONDE EU MORAVA. ELE RECEITOU A AUTO-HEMOTERAPIA , UM FARMACÊUTICO FEZ VÁRIAS APLICAÇÕES E EU SAREI. SOU ADEPTA, MAS INFELIZMENTE A CIDADE ONDE MORO , INTERIOR DE SÃO PAULO , OS MÉDICOS OU NÃO ACREDITAM OU TEM MEDO E EU NÃO ENCONTRO NINGUÉM QUE QUEIRA FAZER. PRECISAMOS DIVULGAR BASTANTE E LUTAR POR ISSO. O QUE ACONTECE É QUE SE VC SE CURAR APENAS COM ESSA RECEITA TÃO FÁCIL, OS MÉDICOS VÃO PERDER CLIENTES. COM A CRISE INSTALADA EM NOSSO PAÍS, O SUS NA UTI EM FASE TERMINAL, SERIA A SOLUÇÃO PARA ESSE POVO SOFRIDO A PROCURA DE MÉDICOS E NÃO ENCONTRANDO E NÃO SERIA PRECISO ESSA FARSA TODA, PRA TRAZER MÉDICOS DE CUBA, PARA MANDAR DINHEIRO PRO FIDEL CASTRO. INFELIZMENTE O MÉDICO QUE EU CITEI FOI MORTO EM UM ASSALTO .

https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura

  Fetha wrote @

domingo, 21 de julho de 2013

Nossa Medicina Não Cura… Só Remedia e Lucra

Segundo a lenda urbana, um velho médico manteve um paciente por anos a fio, prisioneiro de uma doença simples, conquanto dolorosa. Apenas aliviava a dor, sem se empenhar pela cura.
Quando seu filho, (ainda ingênuo) formado em medicina na melhor universidade do País, assumiu o consultório do pai que já cumpria horário reduzido, se deparou com o tal cliente, e com apenas uma consulta, conseguiu proporciona-lhe a cura. Ao indagar ao pai sobre como ele manteve um paciente por tantos anos preso a uma doença vagabunda, ouviu do pai a advertência:
― Respeite mais aquela doença, meu filho, foi ela que financiou seus estudos.
Na Grécia antiga e na Idade Media muitos homens, sábios, ousados, à frente do seu tempo foram condenados a penas de maior ou menor gravidade, porque professaram idéias que iam contra a ciência e a medicina tradicional.
Passado tanto tempo o pensamento autoritário e retrógado encontra guarida nos CRMs e nos CORENs, que sob os tacões da Indústria Farmacêutica promovem, em pleno século XXI tribunais de exceção, e abrem dos sarcófagos medievais, métodos e filosofias da Santa Inquisição, em julgamentos desumanos e implacáveis contra aqueles que ameaçam suas verdades absolutas e seus lucros.
Assim é que o renomado médico Dr. Luiz Moura, defensor da técnica da Auto Hemoterapia se tornou num destes mártires modernos queimado em praça publica, pelos Conselhos de medicina, sob o argumento singelo e nada cientifico de que Auto Hemoterapia não faz nenhum sentido. A técnica foi também proibida por conselhos de farmacêuticos com os mesmos argumentos, sem que nenhum caso de insucesso fosse apresentado.
A Auto Hemoterapia apresenta por outro lado, desde a primeira guerra mundial, milhares de casos bem sucedidos de sua aplicação, e pareceres de médicos sem preconceitos que avalizam sua pratica.
O único risco que Auto Hemoterapia apresenta é contra o lucro dos médicos e da Indústria Farmacêutica.
A própria reportagem da rede Globo que aqueceu esta celeuma, veio recheada de casos bem sucedidos de aplicação da técnica a partir da medicina desportiva e afrontando a inteligência do espectador, num festival de preconceitos, termina a mesma em estranha e suspeita condenação a técnica, que poderia ser a solução da saúde pública de qualquer país que a adotasse.
A medicina tradicional fragmentou o Homem. Dividiu-o e peças e compartimentos em sua varias especializações, de tal forma que não mais reconhece o ser humano integral. E do alto de sua arrogância e de seus pífios resultados, aponta seu dedo inquisitório para as terapias alternativas, que muitas vezes vêm salvar o paciente que ela desenganou.
Ela se crê detentora dos poderes sobre a vida e a morte, e se uma técnica alternativa lhe prova o contrario trata logo de colocá-la proscrita, para que sua autoridade prevaleça e seus lucros não sejam afetados.
Enfim são interesses econômicos e financeiros prevalecendo sobre as demandas autenticas e urgentes da humanidade, diante da Nova Ordem Mundial.
Vivemos uma guerra silenciosa do poder econômico contra uma humanidade que sofre em novos campos de concentração e de extermínio, quando lhe é negada os mais básicos e sagrados direitos de saúde e de vida.

João Drummond

http://amigosletras.blogspot.com.br/2013/07/nossa-medicina-nao-cura-so-remedia-e.html

  Fetha wrote @

14
SET 15

DR. LUIZ MOURA, MÉDICO QUE TORNOU A AUTO-HEMOTERAPIA CONHECIDA NO MUNDO, SE APOSENTA AOS 90 ANOS
PUBLICADO POR AUTO-HEMOTERAPIA, ÀS 16:17LINK DO POST | COMENTAR | BLOGAR ISTO O que é?

O médico brasileiro Luiz Moura se aposentou, aos 90 anos de idade.
Ele tornou a auto-hemoterapia conhecida em todo o planeta ao divulgar a técnica em notável entrevista. Explica, com grande simplicidade, a importância da técnica que estava, na prática, perdida. Ou era realizada por poucas pessoas que a conheciam. A internet tornou o conhecimento acessível em escala planetária, em trabalho de um exército de anônimos, a maioria beneficiários de seu uso.

Em sua síntese, diz o dr. Luiz Moura:
“AUTO-HEMOTERAPIA – É um recurso terapêutico de baixo custo, simples que se resume em retirar sangue de uma veia e aplicar no músculo, estimulando assim o Sistema Retículo-Endotelial, quadruplicando os macrófagos em todo organismo.

SUMÁRIO

A técnica é simples: retira-se o sangue de uma veia – …
LEIA TEXTO COMPLETO EM:

http://auto-hemoterapia.blogs.sapo.pt/dr-luiz-moura-medico-que-tornou-a-134234


Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: