HSSuffer: Hidradenitis Suppurativa, Ictiose, Auto-Hemoterapia, Disordens Cutâneas, Doenças Raras e Auto-Imunes

Hidosadenite Supurativa, Ictiose, Doenças Raras, Auto-Hemoterapia e tratamentos na Medicina Alternativa abordando aspectos Psicológicos e sequelas que envolvem seus portadores

Arquivo para novembro, 2015

Auto-Hemoterapia, Dr. Fleming e os antibióticos… (XXXXII)

fleming42

 

por Walter Medeiros

A prática da auto hemoterapia é absolutamente inofensiva
Texto: Jorge Martins Cardoso (Médico)

Bem amigos da rede AHT, amigas da rede AHT e inimigos da rede AHT. Pior do que está não fica, segundo o nosso querido deputado federal Tiririca. A luta contra a pólio (poliomielite) continua, e a luta a favor da AHT (auto-hemoterapia) também continua.

Certamente, a maioria dos leitores deve estar sabendo que a prática da auto-hemoterapia (nos serviços de saúde) está proibida no Brasil. Por enquanto, não iremos esmiuçar aqui o motivo ou os motivos que levaram o CFM, a Anvisa e
outras entidades da área da saúde a tomarem tal decisão proibitiva.

Parece-me que o principal motivo é de ordem econômica, envolvendo muitos governos, muitas entidades de classe, muitas empresas multinacionais – no passado conhecidas como trustes e hoje em dia conhecidas como transnacionais – e, portanto, envolvendo bilhões de dólares. Sobre a auto-hemoterapia, o que é muito estranho, é a falta de pesquisa ou a falta de pesquisas sobre o assunto.

Desde já, podemos adiantar a todos os leitores que, a prática da auto hemoterapia é absolutamente inofensiva. Em outras palavras, não faz mal nenhum, desde que seja corretamente aplicada.

A nossa querida “Dra. Wikipédia” (1), chega a insinuar – e aí, não sabemos quem está por trás disso – que existe uma “teoria da conspiração”, com o intuito de desacreditar as poderosas indústrias multinacionais que lidam com medicamentos, ou seja “drogas”, drogas estas que, como todos nós sabemos, podem trazer benefícios, mas, vez por outra, também trazem muitos malefícios aos seres humanos. Neste particular (fármacos), o tema é bem mais controvertido do que a inofensiva auto-hemoterapia.

Sobre a auto-hemoterapia e sobre pesquisas sobre a auto-hemoterapia, aqui não é o que me parece, mas sim, é um fato concreto, é um fato verdadeiro, é um fato real, o que está acontecendo é uma sangrenta “revolução do silêncio”, um cruel “golpe do silêncio”, e uma bem orquestrada e desumana “conspiração do silêncio”.

Já que é assim, discorreremos em vários artigos, sobre a intocável e quase divina “comunidade científica”, sobre algumas das atrocidades cometidas contra a humanidade ao longo da história, e, tanto quanto possível, sobre a colaboração e a participação de “silenciosos” cientistas, de “silenciosos” médicos e de “silenciosas” corporações. Contra a “conspiração do silêncio” o antídoto auto-hemoterápico é a “conspiração do barulho”.

Curiosidades de 1946 –

História Mundial – Em 18 de abril de 1946 a Liga das Nações encerra suas
atividades. No dia 1º de outubro de 1946, o tribunal de Nuremberg condena 22 líderes nazistas por crimes de guerra, dos quais 11 por enforcamento. No dia 15 de outubro de 1946 são enforcados: Hans Frank, Wilhelm Frick, Alfred Jodl, Ernst Kaltenbrunner, Wilhelm Keitel, Alfred Rosenberg, Fritz Sauckel, Arthur Seyss-Inquart, Julius Streicher, Joachim von Ribbentrop. Herman Goering suicida-se na prisão, duas horas antes do enforcamento. E, em 10 de novembro de 1946, é realizada a primeira Assembléia Geral das Nações Unidas, em Londres. (2).

História do Brasil – No dia 18 de setembro de 1946 a Assembléia Constituinte outorga nova Constituição. (2).

História de Sergipe – No dia 23 de fevereiro de 1946, o Partido Comunista realiza comício em Aracaju, exaltando a Força Expedicionária Brasileira, com discursos de Antônio Correia dos Santos, Armando Domingues, Júlio José dos Santos, Daniel José de Oliveira, Manoel Francisco de Oliveira, Otávio José dos Santos, Alípio Sampaio, Ivanete Moreira Silva, Judite Maciel e Reginaldo Oliveira. Mas, no melhor da festa, falta luz, sabotagem atribuída ao Interventor Federal, desembargador Hunald Santaflor Cardoso.
(3).

No dia 14 de março de 1946, é empossado no Rio de Janeiro o novo Interventor Federal de Sergipe, o coronel do exército Antônio de Freitas Brandão. (3).

Aracaju, em 31 de março de 1946, amanhece alegre, com a chegada no novo Interventor Federal, coronel Antônio de Freitas Brandão, que toma posse. Discursam no Palácio do Governo o Interventor exonerado Hunald Santaflor Cardoso, Heribaldo Dantas Vieira (pela UDN), Francisco Leite Neto (pelo PSD), Godofredo Diniz Gonçalves (pelo PR), José Antônio Nunes Mendonça (pelo PTB) e José Felizola. (3).

E, em 2 de abril de 1946, o Interventor Federal, o coronel do exército Antônio de Freitas Brandão empossa seus auxiliares: Marcos Ferreira de Jesus, Secretário Geral; Josué Batista de Jesus, chefe do Departamento de Obras Públicas; Abelardo Maurício Cardoso, chefe do Serviço de Assistência a
Menores; o médico Walter Cardoso, chefe do Departamento de Saúde Pública; Arquibaldo Ribeiro da Silveira, chefe do Departamento de Produção; João de Araujo Monteiro, chefe do Departamento da Fazenda; Oscar Batista do Nascimento, chefe do Departamento de Educação; cônego Edgar Brito, chefe
do Departamento das Municipalidades; capitão José Machado dos Santos, Ajudante de Ordens; Rui Eloi dos Santos, Secretário Particular; e Armando Leite Rollemberg, Chefe de Polícia. (3).

Futebol – Em Sergipe o time campeão é o Olímpico. (2).

Prêmio Oscar de 1946 – Melhor filme – Os Melhores Anos de nossa Vida. Melhor ator – Fredric March. Melhor ator coadjuvante – Harold Russell. Melhor atriz – Olívia de Havilland (com o filme “Só Resta uma Lágrima”). Melhor atriz coadjuvante – Anne Baxter (com o filme “O Fio da Navalha”). Melhor diretor – William Wyler. (2). Futebol – No Rio de Janeiro o Fluminense é o campeão. (2).

Carnaval – A escola de samba campeã de 1946 foi a Portela. (2). Prêmio Nobel de Medicina de 1946 – Foi premiado o norte-americano Hermann Joseph Muller (1890-1967), pela descoberta da influência do raio X na genética. (2).

Curiosidade das curiosidades de 1946 – A Guatemala fica localizada na América Central, e é limitada ao norte pelo México, a leste pelas Honduras Britânicas e as Caraíbas, a sudeste por Honduras e El Salvador, a sudoeste pelo oceano Pacífico, e a oeste pelo México. Em 1946, a Guatemala estava sendo governada pelo presidente Juan Bermejo.

Pois foi neste ano que lá, a “divina comunidade científica” começou mais um dos seus experimentos criminosos em seres humanos, contando com a participação “humanitária” de médicos. Só depois de 64 anos é que tomamos conhecimento dessa experiência científica, que envolveu pessoas inocentes, blenorragia, sífilis, “vacinas” e a hoje famosa penicilina, patrocinada pelo governo norte-americano. É o que veremos no relato que vem a seguir.

EUA pedem desculpas por espalhar gonorréia e sífilis na Guatemala. O governo dos Estados Unidos pediu oficialmente desculpas nesta sexta-feira por infectar quase 700 pessoas com gonorréia e sífilis na Guatemala durante experimentos médicos ocorridos há 60 anos. Em comunicado oficial, a secretária de Estado americano, Hillary Clinton, e a secretária da Saúde, Kathleen Sebelius, classificaram de “antiética” e “inaceitável” a pesquia conduzida entre 1946 e 1948, durante os governos do presidente guatemalteco Juan Bermejo e do americano Harry Truman*.

Um programa americano infectou doentes mentais e prisioneiros do país, sem que eles dessem permissão, com os micróbios causadores das duas doenças sexualmente transmissíveis em estudos que os cientistas na época acreditavam que poderiam levar a uma vacina contra os males.

Hillary Clinton e Kathleen Sebelius afirmam estar “indignadas de que tal investigação inaceitável tenha ocorrido sob o disfarce de (um serviço de) saúde pública”. O comunicado também diz que o experimento “não representa os valores dos Estados Unidos” e anuncia uma investigação sobre o caso. “No espírito do compromisso com a ética investigativa, estamos começando uma investigação minuciosa dos detalhes deste caso”, diz o documento. Diante das revelações, o presidente da Guatemala, Álvaro Colom, acusou os Estados Unidos de crimes contra a humanidade.

Experimento – Provas da existência do programa foi revelada pela professora Susan Reverby, da Universidade de Wellesley, nos Estados Unidos. Segundo Susan Reverby, o estudo na Guatemala foi organizado pelo Serviço de Saúde Pública dos Estados Unidos. Ela afirma que o governo guatemalteco deu permissão para as pesquisas e que muitos dos pacientes estavam internados em instituições pisiquiátricas.

Os médicos usaram inoculação direta ou prostitutas com sífilis e gonorréia, para infectar os pacientes previamente tratados com penicilina, para tentar determinar se a substância poderia prevenir as doenças. (4).

Comentário do escriba: É de se presumir que a indústria farmacêutica (vacinas e penicilina), de alguma maneira, tenha “conspirado” para tal experiência “silenciosa”. O que aconteceu na Guatemala em 1946, se aproxima mais de mais uma “teoria da conspiração” do que da realidade.

Bem amigos e amigas da rede AHT. Se Deus nos permitir voltaremos outro dia. A todos desejamos muita saúde, muito dinheiro, muitas alegrias, muitas amizades, boas idéias, boas conversas, boa autohemoterapia, boa imunidade, boa visão, boa leitura e bom dia.

*Harry Truman – Foi durante o seu “bondoso” governo, que duas cidades japonesas foram arrasadas por duas bombas atômicas: Hiroxima (6-agosto-1945) e Nagasáqui (9-agosto-1945).

Fontes:
(1) – Auto-Hemoterapia – Wikipédia. Categorias: Hemoterapia/Medicina Alternativa.
(2) – Almanaque Abril – Editora Abril – Editor e Diretor Victor Civita – 1977 – Páginas 392, 50, 686, 360, 685, 347 e 349, respectivamente – (784 páginas). (3) – História Política de Sergipe – Ariosvaldo Figueiredo – Sociedade Editorial de Sergipe 1989 – 3º volume – páginas 147, 148 e 149 respectivamente. (459
páginas).
(4) – Jornal do Dia, ano VI, edição 1.712, 2 de outubro de 2010, página 15.


#medicina #saúde #enfermagem #tratamento #terapia #hemoterapia #autohemoterapia #sus #opas #oms #deputados #senadores #sre #fosfoetanolamina #pesquisa #teoria #tese #guatemala #experimentos #

Auto-Hemoterapia e os antibióticos – I – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/844686498983603/
Auto-Hemoterapia e os antibióticos – II – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/845057435613176/
Auto-Hemoterapia e os antibióticos – III – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/845474032238183/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – IV – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/845873625531557/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – V – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/846255108826742/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – VI – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/846643988787854/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – VII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/847117532073833/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – VIII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/847423832043203/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – IX – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/847768768675376/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – X – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/848251258627127/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XI – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/848754801910106/?notif_t=like
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/849100718542181/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XIII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/849467971838789/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XIV – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/849851941800392/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XV – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/850263921759194/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XVI –
https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/850687268383526/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XVII –
https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/851141688338084/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XVIII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/851546541630932/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XIX – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/851932764925643/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XX – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/852301721555414/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXI – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/852695198182733/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/853087788143474/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXIII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/853500581435528/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXIV –
https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/853889421396644/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXV – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/854308581354728/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXX – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/854736871311899/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXI – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/855116571273929/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/855519154567004/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXIII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/855957601189826/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXIV – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/856264471159139/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXV – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/856662171119369/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXVI – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/857159344402985/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXVII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/857538944365025/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXVIII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/857923240993262/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXIX – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/858363227615930/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXX – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/858854980900088/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXXI – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/859256600859926/

Auto-Hemoterapia, Dr. Fleming e os antibióticos… (XXXXI)

fleming41

Usuária de AHT sobreviveu à miastenia grave
Texto: Jorge Martins Cardoso (Médico)

Curiosidades de 1935 – História Mundial – Em 15 de setembro de 1935, o Tribunal de Nuremberg cassa a cidadania alemã aos judeus e proíbe o casamento de alemães com judeus. (1).

História do Brasil – Em novembro de 1935, tentativa de sublevação comunista sob a égide da Aliança Nacional Libertadora (ALN). (1).

História de Sergipe – Em 11 de novembro de 1935, o Bispo Dom José Tomáz Gomes da Silva aprova os estatutos do Centro Dom Vital e do Círculo Operário Católico. (2).

Prêmio Oscar de 1935 – Melhor filme – O Grande Motim; melhor ator – Victor McLaglen (O Delator); melhor atriz – Bette Davis (Perigosa); melhor diretor – John Ford (O Delator). (1).

Futebol – No Rio de Janeiro o “América” sagra-se campeão. (1).

No Estado de Sergipe o campeão é o “Palestra”. (1).

Carnaval – 1935 foi o primeiro ano de disputa oficial das escolas de samba do Rio de Janeiro. Sagrou-se campeã a Portela que tinha o nome de “Vai como Pode”. (1).

Prêmio Nobel de Medicina de 1935 – O alemão Hans Spemann (1869-1941) é agraciado, pela descoberta do efeito organizador do desenvolvimento embrionário. (1).

Curiosidade das curiosidades – No dia 24 de novembro de 1935, vinha ao mundo, em Cachoeiro de Itapemirim (ES), o bebê Carlos Eduardo da Corte Imperial, que ficaria mais conhecido como Carlos Imperial. Ele foi ator, cineasta, compositor, produtor musical e apresentador de televisão. Segundo seus amigos de infância na cidade de Alegre (ES), que conviveram com ele nos primeiros anos, seu nome correto é Carlos Eduardo Cardoso Imperial.

Como produtor musical, tentou lançar a carreira de Roberto Carlos como um “príncipe da bossa nova”, inclusive produzindo o seu primeiro disco “Louco Por Você”, em 1961. Entretanto, seu pupilo foi acusado de imitar descaradamente João Gilberto, e o disco não fez sucesso. Mas continuou até Roberto Carlos assinar contrato com a CBS. Nessa época era chamado de “papai” por Roberto Carlos. Apresentou o programa de televisão “O Clube do Rock”, nos anos 60.

No início dos anos 70, tornou-se um polêmico jurado do programa de calouros, apresentado por Chacrinha. A partir de 1977, apresentava pela TV Tupi uma atração aos sábados à noite que levava seu nome, o “Programa Carlos Imperial”. Em 1979, pela TVS – Canal 11, do Rio de Janeiro, passou a apresentar o “Carlos Imperial Show”. Carlos Imperial também foi colunista da revista Amiga, publicada pela Bloch Editores, desde seu primeiro número em 1969, numa coluna que marcou época pela irreverência. Na coluna ele escrevia no topo da página a seguinte frase: “Sem liberdade para espinafrar, nenhum elogio é válido”. Em 1982, foi eleito vereador da cidade do Rio de Janeiro pela legenda do PDT. Em 1985, foi candidato a prefeito do Rio, mas perdeu a eleição.

No carnaval de 1984, Carlos Imperial se notabilizou por divulgar as notas dos jurados, nas apurações dos desfiles das escolas de samba cariocas. A cada nota máxima ele exclamava em alto e bom som a frase “dez, nota dez”. Tal frase caiu no gosto popular, se transformando em um verdadeiro bordão. É autor de canções muito conhecidas dos anos 60, como “A Praça”, sucesso na voz de Ronnie Von e que virou tema de abertura do humorístico “A Praça é Nossa”. Também é autor da canção “Mamãe passou açúcar em mim”, grande sucesso popular de Wilson Simonal.

Também fez muito cinema, como ator, diretor e produtor. Atuou como ator nos filmes: O Petróleo é Nosso (1954); De Vento em Popa (1957); Alegria de Viver (1958); Pé na Tábua (1959); Vai que É Mole (1960); Mulheres, Cheguei (1961); Sangue na Madrugada (1962); Asfalto Selvagem (1964); Bebel, Garota Propaganda (1967); O Rei da Pilantragem (1969); Os Amores de um Cafona (1971); O Doce Esporte do Sexo (1972); As Depravadas (1973); O Pica-Pau Amarelo (1974); O Palavrão(1975); Meninas Querem… E os Coroas Podem (1976); Férias Amorosas (1977); Amada Amante (1978); Mulheres, Mulheres (1981); Os Bons Tempos Voltaram: Vamos Gozar Outra Vez (1985); Perdidos no Vale dos Dinossauros (1986), entre outros.

Dirigiu os filmes: Um Edifício Chamado 200 (1974); O Esquadrão da Morte (1975); O Sexo das Bonecas (1976); Loucuras, O Bumbum de Ouro (1979); Um Marciano em Minha Cama (1981), entre outros. Em 1991 fez sua última aparição pública, apresentando para toda a nação a sua nova namorada, a linda amazonense Jana, de apenas 14 anos.

Carlos Imperial foi vítima de uma doença rara: a miastenia grave. Após uma operação para a retirada do timo*, não resistiu e faleceu no Rio de janeiro em 4 de novembro de 1992, aos 56 anos de idade. (3).

Curiosidade da literatura médica – Miastenia grave – Debilidade e fatigabilidade musculares que atingem predominantemente os músculos de inervação craniana (ptose palpebral, estrabismo, imobilidade facial, disfagia, dificuldade respiratória, etc.). A doença é de etiologia desconhecida, sendo atribuída à má
condução dos impulsos nervosos aos músculos, dificuldade essa devida à ação excessiva da colinesterase liberada nas junções mioneurais. Não são raras as remisões espontâneas.

Tratamento durante a crise – Administrar neostigmina em doses de 1 mg ou mais até que se obtenham os efeitos desejados. As cólicas intestinais e uterinas podem ser evitadas em parte, pela administração concomitante de atropina. Evitar a penumonia ortostática e outras infecções. Se necessário recorrer à respiração assistida. O paciente deve levar sempre consigo duas ampolas para tratamento de urgência das crises respiratórias.

Tratamento entre as crises – Os casos leves não exigem cuidados médicos.Nos casos mais graves está indicado o uso de neostigmina na dose oral de 15 mg ou mais cada duas ou três horas. Pode-se associar a efedrina (25 mg três vezes por dia) e o cloreto de potássio (1 a 1,5 g três vezes por dia). È duvidosa a eficácia da timectomia**. (4).

Curiosidade do DVD/2004 – …”Na miastenia grave, eu tenho uma paciente que tem a minha idade, 78 anos. Esta paciente, ela tem até um mês a mais do que eu, vai fazer 79 antes de mim, eu faço 79 em maio. Ela foi diagnosticada com miastenia gravis em 1980, no Instituto de Neurologia, na Avenida Pasteur e foi dado o diagnóstico. Como não tem nada o que fazer, porque nada se fazia mesmo, então ela vem fazendo a auto-hemoterapia desde 1980. Ela é a única sobrevivente dos diagnósticos feitos de miastenia gravis, de todos os pacientes que tinham miastenia gravis na época, que ela começou em 1980, não existe nenhuma viva, só ela, e vai no meu consultório com a filha, ela toma ônibus, pessoa humilde, e tudo, toma ônibus e chega no meu consultório. Isso 24 anos depois”. (5).

Partindo do pressuposto de que todas as informações estejam absolutamente corretas, chegamos às seguintes considerações:
1ª – Carlos Imperial desenvolveu a miastenia grave, realizou a timectomia** e veio a óbito com 56 anos de idade… (3).
2ª – De acordo com a literatura médica pesquisada, é duvidosa a eficácia da timectomia**… (4).
3ª – De acordo com Dr. Luiz Moura, de 1980 a 2004, uma senhora portadora de miastenia grave, fez uso da auto-hemoterapia e continuou viva… Em 2004 ela tinha 78 anos de idade… (5).
*Timo – glândula de secreção interna. **Timectomia – retirada cirúrgica do timo.

Bem, amigas e amigos da rede AHT. Por hoje concluímos aqui. Se Deus nos permitir voltaremos outro dia. A todos desejamos muita saúde, muitas alegrias, bons pensamentos, boas amizades, boas conversas, boa auto-hemoterapia, boa imunidade, boa visão, boa leitura e bom dia.

Fontes:
(1) – Almanaque Abril – Editora Abril – Editor e Diretor – Victor Civita – 1977 – páginas 391, 50, 360, 685, 686, 347 e 348 respectivamente. (784 páginas).
(2) Livro – História Política de Sergipe –
Ariosvaldo Figueiredo – Sociedade Editorial de Sergipe – 2º volume – 1989 – página 373 – (479 páginas).
(3) – Wikipédia – Categoria – Produtores Musicais do Brasil.
(4) – Livro – Farmacologia Clínica e Terapêutica – Otto Miller e colaboradores – Livraria Atheneu – 11ª edição – 1977 – página 520 – (693 páginas).
(5) – DVD/2004 – Entrevistado – Dr. Luiz Moura – Direção e Produção – Ana Martinez e Luiz Fernando Sarmento – Duração – 2 horas e 37 minutos.

 

por Walter Medeiros


#medicina #saúde #enfermagem #tratamento #terapia #hemoterapia #autohemoterapia #sus #opas #oms #deputados #senadores #sre #fosfoetanolamina

Auto-Hemoterapia e os antibióticos – I – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/844686498983603/
Auto-Hemoterapia e os antibióticos – II – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/845057435613176/
Auto-Hemoterapia e os antibióticos – III – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/845474032238183/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – IV – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/845873625531557/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – V – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/846255108826742/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – VI – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/846643988787854/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – VII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/847117532073833/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – VIII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/847423832043203/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – IX – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/847768768675376/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – X – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/848251258627127/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XI – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/848754801910106/?notif_t=like
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/849100718542181/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XIII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/849467971838789/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XIV – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/849851941800392/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XV – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/850263921759194/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XVI –
https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/850687268383526/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XVII –
https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/851141688338084/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XVIII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/851546541630932/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XIX – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/851932764925643/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XX – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/852301721555414/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXI – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/852695198182733/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/853087788143474/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXIII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/853500581435528/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXIV –
https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/853889421396644/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXV – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/854308581354728/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXX – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/854736871311899/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXI – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/855116571273929/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/855519154567004/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXIII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/855957601189826/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXIV – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/856264471159139/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXV – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/856662171119369/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXVI – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/857159344402985/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXVII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/857538944365025/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXVIII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/857923240993262/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXIX – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/858363227615930/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXX – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/858854980900088/

Auto-Hemoterapia, Dr. Fleming e os antibióticos… (XXXX)

fleming40

Ajuda no tratamento da AIDS
Texto: Jorge Martins Cardoso (Médico)

Algumas curiosidades de 1908 – História Mundial – No dia 15 de novembro de 1908, a Bélgica anexa o Congo, não obstante a oposição do rei Leopoldo II. (1).
História do Brasil – É instituída a “Lei do Sorteio Militar”. (1).
História de Sergipe – Em 30 de julho de 1908, os médicos Dr. José Rodrigues da Costa Dória e Dr. Manuel Batista Itajaí são eleitos Presidente e Vice-Presidente do Estado de Sergipe, respectivamente. (2).
Futebol – No Rio de Janeiro, o Fluminense sagra-se campeão. (1).
Jogos Olímpicos – Com um total de 2.059 participantes, sendo 2.023 homens e 36 mulheres, são realizados os jogos olímpicos em Londres. (1).
Prêmio Nobel – O alemão Paul Ehrlich (1854-1915) e o russo Élie Metchnikoff (1845-1916), pelos trabalhos realizados em imunologia, incluindo a introdução de métodos quantitativos, foram agraciados com o Prêmio Nobel de Medicina. (1).
A curiosidade das curiosidades de 1908 – New York (E.U.A.) – Uma equipe de médicos do New York Hospital operou Mary Schloendorff na tentativa de encontrar as causas para as fortes dores abdominais que ela sentia. Durante o procedimento, eles identificaram um tumor no útero e extirparam o órgão. Ao sair da operação e ser informada de que estava sem útero, Mary Schloendorff levou o caso à Justiça. Em sua sentença, o juiz Benjamim Cardozo foi taxativo:
“Todo ser humano na vida adulta e com plena consciência tem o direito de determinar o que deve ser feito com seu próprio corpo”. (3).
2002* – São Paulo (Brasil) – “Não tenho mais vida, doutor. As dores estão insuportáveis. Eu quero ir embora… Por favor, me ajude…” O infectologista Artur Timerman pensou por três meses no pedido de seu paciente, um homem de 46 anos, em fase adiantada de aids. Vítima de um sarcoma de Kaposi, o câncer mais freqüente entre os portadores do HIV, ele estava com o corpo tomado de úlceras e hematomas. Ele vivia preso a uma cama e, a qualquer movimento, urrava de dor.
Depois de muito conversar com o doente e seu irmão, o parente mais próximo, Timerman decidiu interná-lo em um hospital de São Paulo. Ele foi acomodado em um quarto arejado, num andar alto, com vista para a copa das árvores. No mesmo dia, na presença do médico e do irmão, uma enfermeira administrou-lhe um coquetel de sedativos e analgésicos. Em dez minutos, o paciente adormeceu – de mãos dadas com o infectologista. No aparelho de som portátil, levado por ele mesmo, tocava um quinteto de cordas de Felix Mendelssohn, sua música preferida. Em 24 horas, sua agonia chegou ao fim. (3).
2007** – São Paulo (Brasil) – Cinco anos depois de ter concordado em abreviar o sofrimento do paciente que ouvia o romântico alemão Feliz Mendelssohn, o infectologista Timerman ouviu o mesmo pedido de outro doente, um homem de 33 anos, também tomado pelo HIV. Vítima de um linfoma em estágio avançado, ele não respondia mais aos tratamentos. O médico nem cogitou em atendê-lo.
“Eu expliquei que ele poderia ser submetido a um tipo novo de quimioterapia, extremamente agressivo, que poderia ter efeito sobre a doença”, lembra Timerman. Dois dias depois, antes de dar uma chanche à nova terapia, o
homem cometeu suicídio. (3).
1ª observação – Tendo em vista que determinadas “autoridades científicas brasileiras” (CFM, SBHH, Cofen, Anvisa, etc.), em relação à auto-hemoterapia, levantaram barreiras de ordem jurídica, é bom que todos os médicos – bem como os demais profissionais de saúde e os leitores de um modo em geral –
fiquem sabendo que: “Todo ser humano na vida adulta e com plena consciência tem o direito de determinar o que deve ser feito com seu próprio corpo”, segundo consta em uma sentença judicial de 1908.
2002* e 2007** – a reportagem não traz o ano exato das duas mortes. O escriba colocou um ano provável (fictício).
Mais outras curiosidades – É preciso que todos também fiquem sabendo que: em 1926, o dinamarquês Johannes A. G. Fibiger (1867-1928), médico, ganhou o prêmio Nobel de Medicina, pelo seu trabalho experimental com câncer. Em 1966, o norte-americano Francis Peyton Rous (1879-1970), médico patologista, foi agraciado com o prêmio Nobel de Medicina, pela descoberta do vírus do câncer. Em 1975, os norte-americanos Howard Martin Temin (1934-1994), bioquímico e virologista e David Baltimore (1938-), microbiologista, e ainda o italiano Renato Dulbecco (1914-), médico patologista, receberam o prêmio Nobel de Medicina pelas pesquisas sobre a origem do câncer. (1).
2ª observação – Os “prêmios” Nobel (Fisiologia ou Medicina, Química, Física e Literatura), começaram a ser distribuídos em 1901. Então, parece-me um pouco estranho que, passado tanto tempo, tendo sido gastos “rios” de dinheiro, tendo sido distribuídos dezenas de Nobel de Fisiologia ou Medicina, muitas doenças, nos dias atuais, ainda continuem com a etiologia desconhecida e, portanto, com terapia duvidosa. É o caso do câncer. O que provoca o câncer?
3ª observação – Antes que “novos tipos de quimioterapias” extremamente agressivas, sejam usadas a torto e a direito, e, antes que novos casos de suicídio aconteçam, é preciso que os leitores assistam ao DVD do médico Luiz Moura e reflitam calmamente e livremente sobre o assunto.
2004 – Rio de Janeiro (Brasil) – AIDS – Tem muitos pacientes aidéticos que fazem a auto-hemoterapia e estão se dando bem. Eles mantêm as taxas que se chama CD4, em níveis razoáveis. Agora, como eles usam também outros medicamentos, eu não posso atribuir só à auto-hemoterapia. Há uma melhora, o paciente vive bem. Eu tenho paciente com muitos anos já vivendo com aids, e levando vida normal. Mas eles também fazem uso destes coquetéis junto com a auto-hemoterapia.
Como a auto-hemoterapia só atua na parte imunológica, e a aids é uma doença que atinge o sistema imunológico, é uma imunodeficiência adquirida, pode ser que a auto-hemoterapia esteja dando uma contribuição nesta sobrevida de boa qualidade. Há alguns pacientes que eu trato, não é minha área, eu não sou infectologista, então, não é minha área, mas eu dou como um complemento junto com outros tratamentos que eles fazem, e tem dado bons resultados. (4).
4ª observação – Não custa lembrar às leitoras e aos leitores, que Dr. Luiz Moura nasceu em maio de 1925 (hoje com 85 anos de idade), e que se formou em Medicina em dezembro de 1949 (60 anos de longos estudos e larga experiência na cirurgia, na clínica e na auto-hemoterapia). Ontem a conhecidíssima sífilis. Hoje a “misteriosa” e terrível aids. A 1ª provocada por um treponema a 2ª provocada por um vírus. As duas são doenças sexualmente transmissíveis, provocadas por microorganismos.
Vejamos o que vem a seguir… O médico baiano Olívio Martins escreveu o seguinte sobre a auto-hemoterapia e a sífilis: Com relação aos tratamentos comuns da sífilis, o Dr. Parks, diretor médico da Canadá Life Insurance Company, declarou perante a trigésima sexta reunião anual da seção médica da Convenção Americana de Duração da Vida, que a ciência deve aguardar outra geração, antes de firmar o seu julgamento sobre as atuais “curas” químicas para esta doença, e que estes mesmos tratamentos poderão reduzir a duração da vida humana.
O Dr. Parks disse, ainda, que o paciente sifilítico enfrentava três possibilidades de morte: – pela doença, pelo tratamento ou por qualquer outra causa relacionada indiretamente com a sífilis. Não resta a menor dúvida que em muitos casos, certos tratamentos são mais prejudiciais ao organismo humano do que a própria doença, o que jamais acontece com a hemoterapia. (5).
Bem amigas e amigos da rede AHT. Após este pequeno “ensaio”, por hoje concluímos aqui. Se Deus nos permitir voltaremos outro dia. A todos desejamos muita saúde, muitas reflexões, muitas amizades, boas conversas, boa imunidade, boa visão, boa leitura e bom dia.
Fontes:
(1) – Almanaque Abril – Editora Abril – 1977 – Editor e Diretor – Victor Civita – páginas 390, 49, 685, 686, 348 e 349, respectivamente – (784 páginas).
(2) – História Política de Sergipe – 1º volume – Autor – Ariosvaldo Figueiredo – Sociedade Editorial de Sergipe – 1986 – Página 301 – (459 páginas).
(3) – Revista Veja – Editora Abril – Edição 2.162 – 28 de abril de 2010 – páginas 106, 101 e 103, respectivamente – (166 páginas) – reportagem de Adriana Dias Lopes e Naiara Magalhães.
(4) – DVD de 2004 – Entrevistado – Dr. Luiz Moura – Direção – Ana Martinez e Luiz Fernando Sarmento –
(5) – Livro – “O Poder Curativo do Sangue” – Gráfica Editôra Laemmert S/A – Dr. Olívio Martins – 9ª edição – 1969 – páginas 23 e 24 – (50 páginas).

por Walter medeiros


‪#‎medicina‬ ‪#‎saúde‬ ‪#‎enfermagem‬ ‪#‎tratamento‬ ‪#‎terapia‬ ‪#‎hemoterapia‬ ‪#‎autohemoterapia‬ ‪#‎sus‬ ‪#‎opas‬ ‪#‎oms‬ ‪#‎deputados‬ ‪#‎senadores‬ ‪#‎sre‬ ‪#‎fosfoetanolamina‬
Auto-Hemoterapia e os antibióticos – I – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/844686498983603/
Auto-Hemoterapia e os antibióticos – II – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/845057435613176/
Auto-Hemoterapia e os antibióticos – III – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/845474032238183/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – IV – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/845873625531557/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – V – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/846255108826742/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – VI – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/846643988787854/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – VII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/847117532073833/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – VIII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/847423832043203/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – IX – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/847768768675376/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – X – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/848251258627127/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XI – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/848754801910106/?notif_t=like
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/849100718542181/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XIII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/849467971838789/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XIV – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/849851941800392/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XV – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/850263921759194/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XVI –
https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/850687268383526/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XVII –
https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/851141688338084/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XVIII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/851546541630932/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XIX – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/851932764925643/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XX – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/852301721555414/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXI – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/852695198182733/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/853087788143474/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXIII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/853500581435528/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXIV –
https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/853889421396644/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXV – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/854308581354728/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXX – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/854736871311899/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXI – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/855116571273929/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/855519154567004/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXIII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/855957601189826/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXIV – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/856264471159139/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXV – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/856662171119369/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXVI – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/857159344402985/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXVII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/857538944365025/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXVIII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/857923240993262/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XXXVIII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/858363227615930/

%d blogueiros gostam disto: