HSSuffer: Hidradenitis Suppurativa, Ictiose, Auto-Hemoterapia, Disordens Cutâneas, Doenças Raras e Auto-Imunes

Hidosadenite Supurativa, Ictiose, Doenças Raras, Auto-Hemoterapia e tratamentos na Medicina Alternativa abordando aspectos Psicológicos e sequelas que envolvem seus portadores

Auto-Hemoterapia, Dr. Fleming e os antibióticos… (XIX)

fleming19
Texto: Jorge Martins Cardoso (Médico)

Século XX – 22 de novembro de 1963 – acaba de ser assassinado em Dallas, no Texas, o presidente Kennedy, eleito “democraticamente” pelo povinho. Os principais suspeitos são os cubanos komunistas ou os soviéticos, também komunistas. Kê koisa! Fonte: arquivo.
Século XXI – 4 de setembro de 2009 – “Gripe e outras conspirações” – Falou em conspiração, estou nessa. Assassinato de Getúlio, Juscelino, Lacerda e, para deixarmos de provincianismos, de Kennedy, Elvis e, agora, oba! Michael Jackson. Sem teorias conspiratórias a vida não tem a menor graça. Vivam
elas com seus mortos todos.

Vamos a um assunto corrente. A gripe suína. Espera aí! Era “suína”, de repente virou gripe H1N1? Sou informado também que há variações, H2, N1 e por aí afora. Todas matam. A mudança de nome é sintomática da tentativa de acobertar alguma canalhice. Se tivemos as gripes aviária, asiática e a terrível
espanhola, por que só essa ganha nome de meia equação? De alguns meses para cá, a enfermidade infecciosa virótica ocupa as manchetes dos contagiantes meios de comunicação que, aliás, já me recomendaram só ler ou ver a TV, protegido com uma máscara azul cerúleo, a me cobrir boca e nariz.
Limito-me a resumir e passar adiante, como um resfriado à toa, uma pequena, porém enfezada teoria conspiratória. Além do mais ando me sentindo lerdo e quiçá (principalmente quiçá) febril. Será a suína, a H1N1 ou a corrente de ar na sala em que trabalho? Assoo o nariz, cato o lenço e sigo em frente. Aspas
para a teoria: “Que interesses econômicos se movem por detrás da gripe suína?

No mundo, a cada ano morrem milhões de pessoas vítimas da malária (de novo) que se poderia prevenir com um simples mosquiteiro. Os noticiários nada disto falam! No mundo, por ano, morrem 2 milhões de crianças com diarréia que se poderia evitar com um simples soro que custa 25 centavos. Enfermidades evitáveis com vacinas baratas provocam a morte de 10 milhões de pessoas a cada ano. Os noticiários disto nada falam! Mas há cerca de 10 anos, quando apareceu a famosa gripe das aves… os noticiários mundiais inundaramse de notícias. Uma epidemia, a mais perigosa de todas… Uma pandemia! Só se falava da terrífica enfermidade das aves. Não obstante, a gripe das aves apenas causou a morte de 250 pessoas em 10 anos. 25 mortos por ano.

A gripe comum, (olha essa vírgula!!!) mata meio milhão de pessoas no mundo. Meio milhão contra 25. Um momento, um momento. Então por que se armou tanto escândalo com a gripe das aves? Porque atrás desses frangos havia um “galo” de crista grande. A farmacêutica transnacional Roche com o seu famoso Tamiflu vendeu milhões de doses aos países asiáticos. Ainda que o Tamiflu seja de duvidosa eficácia, o governo britânico comprou 14 milhões de doses para prevenir a sua população. Com a gripe das aves, a Roche e a Realenza, as duas maiores empresas farmacêuticas que vendem os ”antivirais” obtiveram milhões de dólares de lucro. Antes, com os frangos. Agora, com os porcos”.
Encerro minha transcrição por aqui.

Acabo de receber fotos autênticas provando que os americanos nunca foram à Lua e que aquela encenação toda ocorreu num deserto no Estado do Arizona. Deserto, aliás, de propriedade de Donald Rumsfeld, secretário de Defesa de George Bush, artífice da guerra contra o Iraque. Donald Rumsfeld é, para vocês verem, segundo a teoria conspiratória ora em vigor, o principal acionista da Gilead Sciences, empresa norte-americana. Rumsfeld marcou ponto, pois, em duas teorias conspiratórias quentérrimas. Alguém já procurou saber onde estava Donald Rumsfeld no dia 22 de novembro de 1963? Eu daria uma conferida nisso.

Fonte: transcrição parcial do JORNAL DA CIDADE (de Sergipe), caderno B, página 6, do dia 4 de setembro de 2009, de autoria de Ivan Lessa, colunista da BBC Brasil. Kê homicídio? Kê genocídio?
Século XX – décadas de 40 e 50 – Capítulo II – O Guerrilheiro – (vai da página 43 à 84). – Do lado americano, Bill Patrick era um importante solucionador de problemas. Durante duas décadas, realizara pesquisas biológicas em Fort Detrick, Maryland, base americana onde eram desenvolvidas as armas biológicas (página 43). O programa de desenvolvimento de micróbios de Fort Detrick fizera testes meticulosos com possíveis armas biológicas em quase mil soldados americanos em câmaras seladas e na solidão do deserto de Utah.
Em seguida, recorrera aos presos da Penitenciária Estatal do Ohio (página 44). William Capers Patrick III nasceu em 24 de julho de 1926, filho único de um casal sulista de ascendência escocesa e irlandesa. O seu nome do meio era de um parente, bispo da Igreja Metodista. Sua terra natal, Furman, situada na Carolina do Sul, era um minúsculo traço de civilização plantado no sul, perto do rio Savannah. Patrick teve o seu primeiro contato com a penicilina, que começava a ser amplamente usada no combate aos micróbios no corpo humano, como combatente na Segunda Guerra Mundial. (página 46).

 

por Walter Medeiros

Auto-Hemoterapia e os antibióticos – I – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/844686498983603/
Auto-Hemoterapia e os antibióticos – II – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/845057435613176/
Auto-Hemoterapia e os antibióticos – III – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/845474032238183/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – IV – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/845873625531557/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – V – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/846255108826742/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – VI – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/846643988787854/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – VII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/847117532073833/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – VIII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/847423832043203/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – IX – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/847768768675376/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – X – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/848251258627127/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XI – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/848754801910106/?notif_t=like
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/849100718542181/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XIII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/849467971838789/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XIV – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/849851941800392/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XV – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/850263921759194/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XVI –
https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/850687268383526/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XVII –
https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/851141688338084/
Auto-hemoterapia e os antibióticos – XVIII – https://www.facebook.com/groups/autohemoterapiatrataecura/permalink/851546541630932/

No comments yet»

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: