HSSuffer: Hidradenitis Suppurativa, Ictiose, Auto-Hemoterapia, Disordens Cutâneas, Doenças Raras e Auto-Imunes

Hidosadenite Supurativa, Ictiose, Doenças Raras, Auto-Hemoterapia e tratamentos na Medicina Alternativa abordando aspectos Psicológicos e sequelas que envolvem seus portadores

Arquivo de Doenças Raras , Tratamentos e Auto-Hemoterapia

AJUDE A DOCUMENTAR A AUTO-HEMOTERAPIA

AJUDE A DOCUMENTAR A AUTO-HEMOTERAPIA E PRINCIPALMENTE AJUDE OUTRAS PESSOAS
Filas para Criticar, Sugestões e FAZER o que deve ser feito.

CRÍTICAS, CRÍTICAS E … MAIS CRÍTICAS

Outro dia assistindo a um vídeo, sobre dicas de informática, o autor, um adolescente de 16 anos, dizia:
“- Pessoal, desculpa aí, mas ando meio afastado das vídeo-aulas. Na verdade desanimei de fazer vídeos, viu, pois só me aparece gente, que nem sabe como usar um computador, dizendo que o que eu ensino não funciona, pessoas me criticando, reclamando, etc. Isso quando não me xingam ou ofendem minha mãe.”


Parei para refletir, pois sei “exatamente” o que ele quis dizer.

EU RECEBI ESTE E-MAIL DE UM MÉDICO QUE ME ORIENTOU QUANDO COMECEI A DIVULGAR A AHT

Ele me disse é preciso documentar a auto-hemoterapia. Essa é a coisa mais importante a ser feita. Pois não espere que alguma bondosa multi-farmacêutica vá patrocinar algum estudo, ou que as autoridades o façam.

Na ocasião em que Dr. Luiz Moura respondia o processo no CFM, faziamos muitas campanhas para as pessoas escreverem para o CFM, e em resposta a uma destas, eu recebi o e-mail abaixo, deste mesmo médico:
“Meu caro,

não conte com os milhares de brasileiros que, direta ou indiretamente, foram aliviados (ou curados) de seus males pelo Dr. Moura. Nosso povo ainda está em fase de desenvolvimento de um sentimento pátrio, devido à alta miscigenação das raças. Não temos ainda como repercutir como Mahatma Gandhi, Luther King, Nelson Mandella, John Kennedy dentre centenas de outros.

Não haverá vozes ecoando em Brasília (talvez a sua, a do Olivares e a meia dúzia de seus/nossos amigos).

Todo mundo só sabe dizer, de passagem, rapidamente, evaporando em seguida:

– Obrigado, Dr. Moura!

_ Que Deus o proteja sempre!

– Esse doutor salvou a minha vida!

– etc. etc. etc.

Na hora da ajuda real, NADA! Poderiam fazer “panelaço”, desfile com faixas, acampamento ou qualquer outra forma de GRITAR a favor do Dr. Moura.

Marcelo, os sentimentos de gratidão e patriotismo somente surgirão para a geração de nossos netos.

Forte abraço.”
AJUDE A DOCUMENTAR A AUTO-HEMOTERAPIA E PRINCIPALMENTE AJUDE OUTRAS PESSOAS

Muito provavelmente você conheceu a AHT, porque alguém divulgou. Conseguiu amenizar ou se livrar de alguma enfermidade, que só a AHT foi capaz de ajudar. Assim, reflita bem, pois outras pessoas que ainda sofrem do mesmo mal que voce sofria, precisam da sua ajuda.

A frase a seguir é de uma delegada de polícia e de um médico, que apóiam a AHT:
– O IMPORTANTE É “MATAR A COBRA” E “MOSTRAR O PAU”.
(Até uma criança é capaz de entender este significado.)

O detentor dos direitos autorais de um conteúdo, é sempre o autor dele. Se o autor autoriza a reprodução de seu texto na íntegra, e das fotos, quando houver, facilitará muito os que desejam divulgar e documentar a AHT. Um testemunho genuíno tem muito valor. Se a pessoa não autorizar, o texto terá que ser resumido, e as fotos ofuscadas.

E se você não quiser se identificar, informe somente suas iniciais. Publique fotos que não te identifiquem, ou cubra partes que possam indentificar-lhe. E AUTORIZE que o seu relato seja copiado e reproduzido em outros meios, como blogs, sites, pdf e videos. Inclua a seguinte frase no final de seu testemunho:- AUTORIZO CÓPIAS DE MEU TESTEMUNHO, TEXTOS E FOTOS.
DIREITOS AUTORAIS E PRESERVAÇÃO DE CONTEÚDO

Existem regras, e até concordo com elas, “desde que façam sentido”. Reproduzir textos, ou matérias inteiras, e sem ao menos mudar uma única vírgula, só para encher um blog de conteúdo, sem se dar ao trabalho de escrever. Realmente isso deve ser entendido como violação de direitos autorais.

Entretanto, e quando o material se perde, como fica? Onde está o ORKUT? O site ORIENTAÇÕES MÉDICAS? Você consegue pesquisar alguma coisa sobre AHT nos INFORUNS? E quantas foram as Publicações, Artigos e testemunhos de sites que não existem mais? Já ví diversas postagens publicadas em grupos no Facebook, que foram removidas pelos autores. E junto com elas, nos comentários, foram excluídos também importantes testemunhos, alguns com fotos e documentos que comprovavam curas pela AHT. Até mesmo a foto do CFM sobre a AHT, que continha muitas manifestações dos internautas, informações preciosíssimas, comentários com testemunhos, documentos, links de publicações, estudos e outros sobre a AHT.

E agora todo esse material deve ser perdido, pois sua divulgação poderia ser interpretada como violações de direitos autorais? Há uma grande diferença de interpretação que deve ser considerada. Pois preservar conteúdo que não existe mais, é “muito diferente” do que violar quaisquer regras. Guardar este conteúdo na íntegra, publicando-o em arquivos formato .pdf, sem a exposição direta, é uma maneira de preservar importante material sobre a AHT, e que se não fosse arquivado e oferecido para download, jamais poderia ser conhecido hoje e no futuro.

Infelizmente eu perdi mais de 120 vídeos, somente no YouTube, vários sites, e acredite que teve até defensor da AHT, que não me autorizou a deixar seu testemunho na íntegra em vídeo. Já recebi mensagens me dizendo: pelo amor de Deus me ajude. Eu estou em depressão. Não posso nem sair de casa. Quero morrer. etc etc etc. (Pois se atreva a pedir pra um desses (pra nao dizer outra coisa) autorizar a divulgação de seu testemunho).

Muitas foram as campanhas que já fizemos, mostrando que é importante documentar testemunhos da Auto-hemoterapia. Em cada vídeo que faço, no final tem esse lembrete. Muitos também foram os pedidos para o envio de e-mails aos órgãos de saúde, até na ocasião em que o Dr. Luiz Moura estava respondendo processo no CFM. E era uma enxurrada de críticas, opiniões etc. E quantas foram as vezes, em que pessoas que nem enviaram as porcarias do seus e-mails para nenhum destes órgãos, mas que tiveram uma disposição incrível, para me mandar mensagens enormes com as suas “opiniões”(?). Isso é realmente cansativo e desanimador! Uma critica que me irrita demais é aquela dizendo que eu quero aparecer. (Quero sim… aparecer para a sua genitora, aquela pobre coitada que passa noites e madrugadas nas esquinas, tomando sereno… Fazer o que né? Alguém tem que ganhar a vida!)

O PAGAMENTO NÃO É NENHUM ELOGIO

Quantos se acham no direito de emitir sua opinião. Se um dia, você quiser opiniar, eu sugiro que gaste sua energia fazendo algo em prol da auto-hemoterapia. Monte um site, blog, pdf, ou um único vídeo em 3 idiomas, que eu demoro um dia para fazer, publicar e divulgar. Depois disso, pode ser que eu leia o que você tem a dizer.

Quando eu conheci o Dr. Luiz Moura, eu disse a ele:- Doutor eu estava louco para conhecê-lo. E ele respondeu: – eu que queria conhecer o doido que escreveu para a OMS, ONU e enviou centenas de DVD da AHT gratuitamente. O Dr. tinha um amigo em comum, que lhe passava estas informações. (Gratuitamente para quem recebeu, né, os mais de 3 mil DVDs que eu enviei via correios, paguei por cada um deles, paguei por cada cópia que eu não pude fazer, paguei por cada postagem no correio, incluindo para o Exterior, e me vejo constamemente tendo que ler “opiniões” a meu respeiito, de gente que… parece não ter mesmo o que fazer.)

Os sites Orientações Médicas, Inforum e Orkut (parecia um HorrorKut), não tinham um divisão de relatos por enfermidades. Na ocasião eu li grande parte destes sites, e criei 90 páginas, dividindo os relatos por enfermidades. (E pior que quando divulgava estes relatos, ainda era obrigado a ler – nossa gente, só tenho visto testemunhos antigos, quero ler coisas mais recentes). Depois de eu ter criado estas páginas, os irmãos Orquiza, o saudoso Fernando e João Carlos fizeram uma divisão muito melhor no site AHT HEMOTERAPIA.

A D. Vera, esposa do Dr. Moura, disse que ele se emocionava com cada relato da AHT que lhe chegava às mãos. Quando eu estava fazendo as paginas html, com os arquivos de testemunhos separados por doenças, algumas vezes, eu imprimia alguns relatos e os enviava por carta para o Doutor Moura. E ele sempre muito gentil, me agradecia, respondendo com cartas manuscritas.

Gratidão é um sentimento que toca profundamente a alma. Hoje acho que consigo entender o que o Dr. sentia. Eu já disse isso muitas e muitas vezes, e sempre vou repetir que serei eternamente grato ao ilustre DOUTOR LUIZ MOURA, e aos produtores do DVD da AHT, Ana Martinez e ao querido Luiz Fernando Sarmento. Eu sou grato e divulgo a AHT, porque com ela fiquei curado de uma furunculose cronica de 51 anos, (eu disse 51 anos). Uma vida inteira tendo furunculos. E graças a eles, por terem divulgado a AHT, nunca mais tive que dormir em pé. (claro que ninguem dorme em pé, mas me lembro de muitas noites de sofrimento, por causa de furunculos simultaneos pelo corpo, nao tinha posição para dormir).

Eu sinceramente nem me lembro qual informação eu passei para ela, mas deve ter sido algum link destas páginas. Mas este é o pagamento, que dá forças para continuar.
Vou colocar 2 testemunhos na íntegra (E ATENÇÃO NÃO TEM NADA DE VIOLAÇÕES DE DIREITOS AUTORAIS, PORQUE ISSO FOI POSTADO DE FORMA “PÚBLICA”!!!)

Domingo, 21 de agosto de 2011 – 13:50:00
Como diz a Dra. Genaura Tormin: A Auto-hemoterapia um bem para a humanidade.
12/08/2011 17:07 – Lúcia Oliver
Dr.Moura, Dra. Genaura e Marcelo Fetha…. Há mais de 2 anos, eu recorri a você pedindo ajuda pois eu tenho Artrose, já em nível elevado e minha filha Malú portadora de Artrite Reumatóide já afetada em todas as suas articulações do corpo. Hoje, já não uso mais bengala, melhorei bastante o quadro locomotor e as dores são menos frequentes. Ainda tenho algumas dificuldades pois tenho uma sequela de Osteomielite no fêmur direito e a idade encarregou de me trazer umas gordurinhas a mais. Entretanto, dentro dos meus limites, estou bem. A minha filha Malú, esta sim, melhorou bastante. Da Artrite ela está assintomática, sarou um eczema, melhorou as cólicas menstruais e foram tantas outras melhoras, inclusive ansiedade. Como técnica de enfermagem e agradecida pelas melhoras, faço a AH, em 30 pessoas de graça e todos artriticos, tanto reumatoide, como gotosas, todas elas melhoraram. Dentre eles, um jovem de 16 anos, com esclerose focal e a sua perca de proteína era mais de 1000. Este, está excelente, sem nenhum uso de corticóides. Que Deus abençõe o Dr. Moura, Dra Genaura e você Marcelo, pois vocês me abençoaram com a coragem e a garra de divulgar na mídia. Minha eterna gratidão. Lúcia Oliver.

21/08/2011 13:47 – M.Fetha
Prezada Lúcia Oliver. Muito obrigado pelas palavras. Seu testemunho realmente emociona a todos. Parabéns pela sua atitude em ajudar outras 30 pessoas com esta abençoada terapia. Encaminharei seu testemunho ao ilustre Dr. Luiz Moura, fato que o deixará muito feliz. E como todos sabemos a auto-hemoterapia cura de verdade, e também alivia e ainda vai aliviar o sofrimento de muita gente. A Dra. Genaura com toda certeza já leu esse seu relato. Grande abraço. Marcelo

Segunda-feira, 20 de julho de 2009 – 10:50:58
**** eu sou a favor pq eu vi mudanças muito perceptíveis (para melhor) em dois tios meus .*****
um deles tinha sequelas em uma das pernas decorrente da osteomielite que a fazia andar de bengalas ate em locais planos. pouco depois que ela começou jah andava sem o apoio em ladeiras e subindo escadas. o outro teve problemas vasculares que quase o levou a morte e pouco antes de começar a fazer o tratamento tinha dores fortes no peito por causa de movimentos leves como varrer o quintal. jah ateh tinham sugerido para ele fazer um transplante de coração pois jah tinha feito algumas pontes de safena e angioplastia. hoje ñ o vejo mais reclamando de dores no peito, jah o vi pegando objetos pesados(de mais de 20kg) e hoje ele estah pescando no são francisco. talvez por falta de estudos mais profundos ou de vontade sobre a auto-hemoterapia ainda não se pode provar q ajude na qualidade de vida ou no tratamento de doenças diretamente, ***** mas eu vi isso acontecendo e nenhuma decisão do cfm, crm , cofen irá mudar isso.*****
#Na época da descoberta de Pasteur (os seres não aparecem em um lugar do nada)vários cientistas se levantaram contra pois as descobertas do inventor da pasteurização explicavam de uma maneira bem diferente vários trabalhos publicados e o senso comum, mas as ideias dele resistiram.
guilherme maia montres claros

GRAÇAS A DEUS LOGO ESTAREI LIVRE

Perguntaram a Andre Luiz, por que as pessoas adoecem? Ele respondeu é porque elas precisam. Dr. Ignácio Ferreira, que também foi um médico na terra, diz: – algumas pessoas precisam renascer em planetinhas bem atrasados, virar comida de dinossauro, pra ver se aprendem alguma coisa.

Vivemos num planeta muito atrasado. Espíritos de várias diferentes classes estagiam por aqui. Enquanto uns desperdiçam, outros vivem na mais profunda miséria. Somos comandados por doentes, alucinados, que escravizados na própria loucura, esbanjam recursos incalculáveis em toda sorte de coisas inúteis, como armas, bombas etc. O professor Laercio Fonseca tem razão, quando diz – dê poder ao ser humano e ele construirá bombas atômicas, que é única &%$#@ que ele sabe fazer.

Chico Xavier ensinava. Não é preciso morrer para encontrar a consciência. Pais de filhos viciados, a primeira pergunta que a consciência lhes lança é: – onde foi que eu errei? A Vida lhes confiou uma criança para ser educada, e será que você cumpriu bem a sua missão? Será que delegou ou privou esta criança das tarefas que lhe eram necessárias? Ou ainda cobriu-a de mimos, não lhe preparando para a vida? A colheita de hoje é o seu descaso de ontem.

André Luiz vai mais longe, pois ele diz que a consciência é severa e implacável. Ela exige responsabilidade. E nos cobrará com muito rigor os atos que praticarmos em vida. Ela será capaz de nos fazer sentir a dor que causamos em alguém.

E por favor, dispenso comentários, pois a principio eu não ia publicar este texto, quando comecei a escrevê-lo, e escrevi, pois como diz um de meus irmãos – escrever as vezes faz bem, é bom para desopilar o fígado.

Se tudo der certo, este ano emplaco 60. E em pouco tempo tô livre daqui. Portanto, o que você pensa a meu respeito, sinceridade: não é da minha conta, pois quando estiver livre, eu vou reencontrar uma velha conhecida, a minha própria consciência, que me dirá: – você fez a sua parte.

 

fonte: Marcelo Fetha
http://autohemoterapia-por-doutor-luiz-moura.blogspot.com.br/2017/05/ajude-documentar-a-autohemoterapia-ajude-outras-pessoas.html

Detalhe intrigante

Ao analisar uma matéria distribuída no dia 19 de novembro de 2008, e divulgada no Jornal Nacional e toda a imprensa – inclusive o Jornal da Ciência, da Sociedade Brasileira para o Progresso da Ciência – SBPC, um detalhe chamou atenção. Foi como estalo que se dá vez por outra, e a gente vibra com o que descobriu, mesmo sem chegar ao entusiasmo da “Eureka!”. E olhe que descobri muita coisa surpreendente nos últimos anos, por conta da auto-hemoterapia, técnica que consiste na retirada de sangue por punção venosa e a sua imediata administração por via intramuscular na própria pessoa.

A auto-hemoterapia vem sendo utilizada há mais de cem anos, com resultados relatados em inúmeros lugares, através de trabalhos, pesquisas e experimentos. O Parecer do Conselho Federal de Medicina – CFM que propôs a proibição do seu uso, citava, em 2007, 91 trabalhos científicos, embora tentasse desqualificá-los depois. Ao contrário do que está colocado no parecer do CFM, o médico Alex Botsaris lembrou que “Na base de dados pubmed, do NIH (Instutito Nacional de Saúde americano), considerada a maior base de dados médicos do mundo, existiam cerca de 106 estudos científicos publicados sobre o assunto.”

Somente nestas duas bases de dados teríamos 197 trabalhos científicos, enquanto os depoimentos sobre cura com auto-hemoterapia se multiplicam diariamente. As autoridades da saúde fazem vistas grossas, empurrando o problema com a barriga. No dia 19 de novembro de 2008, entretanto, todos festejaram a descoberta do que o Jornal da SBPC chamou de “Sangue bom”, informando que “Defesas naturais do organismo ajudaram paciente a combater o câncer”. A forma letal de câncer de pele foi tratada com sucesso com o próprio sangue.

O feito foi recebido por especialistas como um “significativo avanço” do uso da imunoterapia, método baseado no reforço do sistema imunológico do corpo com o objetivo de combater a doença. Antes do tratamento com as células de defesa, ele tinha se submetido a uma cirurgia e tomado remédios sem apresentar nenhuma resposta positiva. Participamos da felicidade desta descoberta, mas não podemos deixar de ficar intrigados com o fato.

A auto-hemoterapia tem resultados comprovados em milhares e milhares de casos, mas não pode ser utilizada nos serviços de saúde do Brasil, porque está proibida, mesmo sem base legal. Se esta pesquisa fosse feita no Brasil talvez estivesse proibida, pois não deixa de ser um tipo de auto-hemoterapia. Porém o mais intrigante mesmo, sabe o que é? Para declarar mundialmente que descobriram uma forma de curar aquele tipo de câncer, bastou acompanhar um (1) caso. Nada mais que 1 caso.

Fonte:
— Walter Medeiros*

Auto-hemoterapia – Meu sangue me cura.

Vídeo completo do DVD da entrevista do Dr. Luiz Moura a
Luiz Fernando Sarmento e Ana Martinez

%d blogueiros gostam disto: