HSSuffer: Hidradenitis Suppurativa, Ictiose, Auto-Hemoterapia, Disordens Cutâneas, Doenças Raras e Auto-Imunes

Hidosadenite Supurativa, Ictiose, Doenças Raras, Auto-Hemoterapia e tratamentos na Medicina Alternativa abordando aspectos Psicológicos e sequelas que envolvem seus portadores

Arquivo para isolamento

A HS fez surgir a “A ESCADA E A MOÇA”

A sensibilidade de um grande amigo, exímio observador em toda a plenitude de sua experiência de vida, da qual não refuto em dizer orgulhosamente que muito tem contribuído para a minha evolução e o meu progresso em todos os aspectos, foi o gatilho que me motivou a expor esta experiência no intuito de transformar o que por vezes, chamei de maldição em uma bênção!

Quem bem já adquiriu através de tantas mal traçadas linhas que aqui mesmo já transcorri sabe das dores, dos constrangimentos, do desconforto, das dificuldades que os portadores desta enfermidade (HS) causa. Também já comentei em outros posts sobre como a enfermidade física nos afeta psicologicamente, não obstante esteja implícito que somos humanos de carne e osso como todos os demais!

Seria uma retórica ficar citando que um soldado que acabou de chegar de uma guerra não apresente sequelas do trauma experimentado!!! E uma das sequelas que ficaram em mim, chama-se, psiquiatricamente falando, de Síndrome do Isolamento.

Razões? Nossa! São incontáveis, creia! Mas o fato é que para não deixar-me cair em depressão, nos meus momentos de isolamento tentava lutar contra este sentimento fazendo algo que me agradasse e tirar fotos em frente ao espelho da escada todas as vezes ao me vestir era algo reconfortante, inclusive era uma forma de melhorar minha auto-estima. Aquilo virou um hábito e devido ao meu confinamento, era sempre no mesmo lugar.

Este meu amigo, Sr. Walter Medeiros, um exímio observador e escritor, então num certo e radiante dia, me escreveu um poema em que estava fotografado em vocábulos o retrato da minha experiência diária, mas de uma forma e com olhos que eu nunca havia percebido!

O que era uma maldição de repente tornou-se uma benção pela minha opção de agir diferente, por mais louco que pudesse parecer. Meu calabouço tornou-se minha liberdade! Razão pela qual me inspirei a tentar transformar o mal em bem!

Se você, como eu, também sofre com este tipo de descontrole, saiba que sempre existe um meio de transformar a maldição numa benção. Tudo depende de como você direciona sua mente e consequentemente suas ações.
Tenha sempre em mente que “o pensamento toma forma! “

Talvez somente outros portadores entendam a profundidade do que tento expressar agora. Mas creiam que se eu consegui encontrar um meio de conviver com ela em melhores condições de vida, você também pode! Que Deus sempre nos acompanhe e nunca nos desampare! Bençãos a todos!

P.S.: Meus sinceros e eternos agradecimentos ao Sr. Walter Medeiros pela sincera motivação! Que Deus o abençoe infinitamente.

[ DEPOIMENTO ] The Struggles of ITP

Este é o depoimento de uma garota portadora de ITP Immune Thrombocytopenic Purpura. Trata de uma doença como a HS, auto -imune que faz com que seus anticorpos ataquem as plaquetas. O depoimento dela é único e “eu” em particular me identifiquei demais com tudo que ela disse ao tentar se expressar sobre os medos, os temores e como é enfrentar a enfermidade sob seu ponto de vista.

Infelizmente só tenho a versão do depoimento em inglês.

%d blogueiros gostam disto: