HSSuffer: Hidradenitis Suppurativa, Ictiose, Auto-Hemoterapia, Disordens Cutâneas, Doenças Raras e Auto-Imunes

Hidosadenite Supurativa, Ictiose, Doenças Raras, Auto-Hemoterapia e tratamentos na Medicina Alternativa abordando aspectos Psicológicos e sequelas que envolvem seus portadores

Arquivo de outubro, 2010

Autohemoterapia: uma imunização com o nosso próprio sangue


Demonstração 1 de aplicação de autohemoterapia na coxa: vasto lateral


Demonstração 2 de aplicação de autohemoterapia na coxa: vasto lateral


Demonstração 3 de aplicação de autohemoterapia na coxa: vasto lateral

Outros vídeos podem ser encontrados no site:
Autohemoterapia: uma imunização com o nosso próprio sangue

ALGUNS profissionais que apoiam a auto-hemoterapia

Dr Francisco Humberto (médico há 37 anos) já obteve inúmeros resultados positivos utilizando auto- hemoterapia.

Dr. Júlio Bandeira defende e recomenda a auto-hemoterapia.
…O médico paraibano contou que teve o primeiro contato com esse procedimento ainda na década de 1940. Dr. Júlio afirmou conhecer vários relatos de tratamentos bem sucedidos com a utilização da terapia médica. “Eu sou defensor da medicina natural e, também, percebo na auto-hemoterapia um recurso fácil e barato…

Auto-hemoterapia seria redenção da saúde pública.
Dr. Ronaldo João, médico mineiro que exerce a profissão há 32 anos.

…Muitos pacientes mesmo se beneficiam da técnica sem efeito colateral algum…
Dr. Sávio Lee
Farmacêutico em 1999
Medicina Chinesa – Médico em 2008

Um abraço a todos que utilizam esta técnica e o Dr. Luiz Moura merece o prêmio Nobel de Medicina.
… Já utilizo a Auto-Hemoterapia e fiquei curado de Rinite e Sinusite que tinha a muitos anos. Sou Patologista Clínico…
Dr. André Pita – 48 anos – Bahia

… como podemos sustar uma terapia que nos parece excelente e com custo baixissimo, o valor da seringa.
Vamos tratar a medicina como um sacerdócio, como deve ser, para recebermos os dividendos de graças nesta e na vida eterna. Que Deus ilumine a todos.
Dr. Falcone: médico há 33 anos.

Tal como o Dr. Moura, faço auto-hemoterapia e divulgo a boa notícia…
(Tive rinite crônica por vários anos que desapareceu em poucas semanas de auto-hemoterapia)
Dr. Marcus Mac-Ginity – Rio beal – BA
* médico (clínica e pediatria) há mais de 20 anos

FONTE:
http://www.hemoterapia.org

Médicos Cirurgiões Vaculares recomendam a Auto-Hemoterapia

Três receituários de médicos cirurgiões-vasculares que recomendaram algumas sessões aos seus pacientes, que tinham a finalidade de fazer o desentupimento de veias ou artérias.

31 de Janeiro de 2008 – Rondônia Ao Vivo

A nova moda do momento e que promete verdadeiros milagres às pessoas que procuram resultados rápidos relacionados à saúde é a auto-hemoterapia. O serviço é oferecido abertamente em alguns ambulatórios da capital e praticado por profissionais de enfermagem.
O procedimento feito nos ambulatórios consiste na retirada de sangue da veia com uma seringa e a injeção desse mesmo sangue no músculo do “doador-paciente”. *Com apenas R$ 6,00 por cada aplicação e sem qualquer orientação médica, o doador-paciente pode se submeter ao tratamento. A redação do rondoniaovivo.com fez contato com várias farmácias da capital e algumas, que possuem ambulatório, afirmaram realizar a auto-hemoterapia. Para fazer o “tratamento” a pessoa precisa somente se dirigir ao ambulatório, sem qualquer indicação médica.

De acordo com a técnica em enfermagem, Érika Rodrigues, o processo é simples e pode ser feito por qualquer pessoa que saiba manipular a seringa.
Segundo ela, o fundamento da auto-hemoterapia é aguçar o sistema imunológico e tem amplitude enorme. “Entre tantos benefícios, o tratamento serve para recuperar os movimentos de pessoas que tiveram derrame, que sofrem de hipertensão, diabetes, colesterol alto, e apresenta considerável melhora em pacientes que com malária, hepatite B, etc”, cita a técnica. *

RECOMENDAÇÃO
*Não existe quantidade limitada de aplicação, geralmente elas são feitas a cada sete dias, em doses de 5ml de sangue. Porém, se o paciente quer ver um resultado rápido, faz-se algumas aplicações de 10ml a cada cinco dia, explica Érika. “As pessoas começam a se sentir tão bem que passam a afazer a auto-hemoterapia regularmente, pois acabam tomando a terapia como vício. Um vício saudável lógico”, explicou a técnica em enfermagem. *O ambulatório em que a profissional atende, tem em média 60 clientes que já têm o hábito de fazer a auto-hemoterapia. A cada dia, segundo a mesma, em média 10 pessoas são atendidas. “Eu mesma, antes de começar a fazer, fiz o teste em mim mesma. Antes eu não podia ficar muito tempo no ar condicionado, pois tinha muitas câimbras e uma amidalite terrível. Após duas aplicações senti melhora e nunca mais tive problemas”, cita Érika.

MANUAL EXPLICATIVO
*A procura é muito grande em todas as drogarias consultadas pela equipe de reportagem. A média é de 10 a15 pessoas atendidas diariamente. Em outro estabelecimento, além do serviço de auto-hemoterapia, existe a venda de um DVD, de produção “caseira”, que explica de forma didática para que serve o tratamento. O DVD é comercializado por R$ 20, para que o futuro doador-paciente conheça todas as vantagens dessa sangria. *No DVD, um médico dá seu depoimento sobre as experiências que teve com a auto-hemoterapia e cita exemplos de casos que acontecerem com ele desde os anos 40 até os anos 70. O médico ainda ressalta o que a técnica em enfermagem entrevistada pelo rondoniaovivo.com falou: “qualquer pessoa que saiba manipular a seringa pode fazer uso da auto-hemoterapia”.

Érika Rodrigues afirmou à redação que o enfermeiro responsável pelo ambulatório, consultou o Conselho Regional de Enfermagem de Rondônia (Coren/RO), antes do início da prática da auto-hemoterapia e este teve autorização para realizar o tratamento. “Inclusive já recebemos várias palestras dadas por médicos organizadas pelo Coren que falam sobre as vantagens do tratamento da auto-hemoterapia. Também já atendi uns três receituários de médicos cirurgiões-vasculares que recomendaram algumas sessões aos seus pacientes, que tinham a finalidade de fazer o desentupimento de veias ou artérias”, conclui a técnica em enfermagem. *

matéria enviada por: Bolívar
Fonte: http://rondoniaovivo.com/news.php?news=23454

%d blogueiros gostam disto: